Buscar
  • B+

A doença que mais causa morte.


(Foto: Reprodução)

Se a doença for diagnosticada rapidamente e tratada de forma adequada, a chance de cura é mais de 70%.


Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer infantil é a doença que mais causa morte em crianças e adolescentes de 1 a 19 anos, representando 8% do total. Diferente dos adultos, onde tabagismo, álcool e obesidade podem ser causas para o surgimento da doença, nas crianças não tem um motivo claro que explique o desenvolvimento da doença.


Identificar a doença em crianças pode ser bastante complexo, pois os sintomas podem ser confundidos com doenças comuns da infância. O papel dos pais ou responsáveis é de extrema importância, o pediatra como o primeiro médico que vai acompanhar a criança, deve estar atento aos sintomas para que possa ser identificado o mais rápido possível.


A importância para que se identifique a doença no começa se dá para que a cura e o controle possam acontecer mais rapidamente, no caso de crianças é mais importante ainda, perda de peso exagerada, hematomas sem explicação, cansaço fácil, são apenas alguns dos sintomas mais comum que fazem o alerta ser disparado.


A oncopediatria é necessário para que as crianças em tratamento tenham uma estrutura digna ao retornarem para casa, para evitar contaminações e infecções. É importante que os pais fiquem atentos, no banho os pais devem sempre apertar a barriga da criança, ver se tem algum caroço e se detectar algo de anormal na criança, levar imediatamente ao médico.


Fonte: Portal T5

© 2018  |  ÂNIMA CORRETORA DE BENEFÍCIOS