Buscar
  • B+

Benefícios flexíveis: O novo queridinho dos funcionários


Imagem: Reprodução

As pessoas que estão participando de um processo seletivo, além do salário, também olham para os benefícios que as empresas oferecem, onde esse último as vezes é decisivo na escolha da proposta de trabalho. Bom, mas isso não é novidade para ninguém, já que as empresas ofereciam benefícios fixos aos seus funcionários. Mas agora foram percebendo que algo mais padronizado, poderia ser mais interessante para o colaborador.


Os benefícios flexíveis dão autonomia para o funcionário escolher as melhores opções para sua realidade, claro, com algumas regras preestabelecidas. Normalmente funciona como um cardápio, onde o funcionário pode escolher seus benefícios. Exemplo disso é que uma pessoa que não tem filho, não vai precisar de um auxílio creche, e talvez prefira um seguro de vida.


As empresas observam cada vez mais que essas opções atraem funcionários melhores, e os que já trabalham com eles ficam cada vez mais satisfeitos. Aqui embaixo deixamos alguns motivos para sua empresa adotar os benefícios flexíveis.


Menor rotatividade


As vezes o salário de determinada empresa não é tão bom, mas o funcionário conta com o incentivo a educação, plano de saúde e vale alimentação. Tudo isso, retêm bons trabalhadores na sua base.


Funcionários satisfeitos


Ter a opção de escolher seus próprios benefícios, além de ser mais democrático, você também estará indiretamente ouvindo as demandas do seu colaborador.


Melhora a reputação


Uma empresa com funcionários contentes, tem uma boa imagem no mercado. Além de ser bem vista, ela também atrairá o olhar de novos talentos que querem ingressar no mercado de trabalho.


Fonte: Jornal do Commercio